Riscos GravidezA gravidez na adolescência, caracterizada pela imaturidade física, funcional e emocional, predispõe gestante e feto à gravidez de risco e complicações obstétricas. O maior índice de mortalidade é encontrado entre mães menores de 16 anos. Problemas anatômicos comuns na adolescente como: tamanho e conformidade da pelve e elasticidade dos músculos uterinos justificam esse fato. Fique atenta às principais doenças na gravidez e previna-se o quanto antes.

Alguns riscos e lesões mais comuns durante a gestação, no trabalho de parto e no puerpério (pós-parto):

  • Toxemia gravídica (doença hipertensiva específica da gravidez, sujeita à fortes possibilidades de convulsões);
  • Desproporção céfalo-pélvica (entre o tamanho da cabeça do feto e a pelve da mãe);
  • Coagulação vascular disseminada (hemorragia);
  • Lacerações perineais (rompimento do músculo períneo);
  • Amniorrexe prematura (ruptura precoce da bolsa);
  • Prematuridade fetal;
  • Maior índice de cesariana;
  • Trabalho de parto prolongado;
  • Má formação fetal;
  • Asfixia peri-natal;
  • Icterícia neonatal (pele e mucosas do feto amareladas);
  • Anemia materna;
  • Infecção urinária materna;
  • Placenta prévia (posicionamento inadequado da placenta, causando sangramentos);
  • Sofrimento fetal agudo intra-parto;
  • Dificuldade de amamentar;
  • Nascimento da criança abaixo do peso;
  • Aborto espontâneo.