Adolescente Dúvidas GravidezAlguns mitos, tabus e dúvidas passados de boca em boca influenciam consideravelmente na atividade sexual da adolescente. A gravidez não planejada é decorrente desse processo.

Eis alguns deles:

  • O líquido transparente que sai no momento da excitação, mas antes da ejaculação, engravida? Sim. Apesar desse líquido ter a função de limpar o canal por onde passam os espermatozoides e ser um lubrificante, existe nele uma pequena quantidade de espermatozoides. Então, por mais que a possibilidade de gravidez seja mínima, ela pode ocorrer.
  • Grávida pode menstruar? Não. A menstruação é específica para casos em que não ocorre a fecundação. A camada interna do útero sofre descamação, excluindo a possibilidade de um embrião se desenvolver. Quando existe a gravidez, pode acontecer um ligeiro sangramento decorrente de alguma alteração interna, ou uma lesão. Nesses casos, deve-se procurar um médico.
  • No sexo anal/oral, há possibilidade de gravidez? Não. Nos dois casos, o espermatozoide não pode encontrar o óvulo, pois são canais extremamente diferentes. Porém, no sexo anal deve-se tomar muito cuidado, pois qualquer líquido que escapar e entrar em contato com a vagina, gera o risco de gravidez.
  • Asseio íntimo com uma ducha, depois da relação sexual, previne a gravidez? Não. Quando o esperma é lançado no canal vaginal durante a ejaculação ou até mesmo antes, no líquido lubrificante, não existe possibilidade de fazer uma “limpeza” a tempo de alcançar os espermatozoides.
  • Quando a relação sexual é feita em pé, há risco de gravidez? Sim. Nenhuma posição altera o percurso dos espermatozoides até o óvulo.
  • A menina pode engravidar na sua primeira relação sexual? Depende. Se o corpo dela já estiver preparado para uma gestação (a partir da 1ª menstruação), e ela estiver no período fértil, sem dúvidas existe possibilidade de gravidez.
  • Ter relações sexuais durante a menstruação ou no período de pouco fertilidade (tabelinha), previne a gravidez? Depende. As possibilidades são reduzidas, mas nos casos de meninas com um ciclo menstrual irregular, esse período pode alterar. Para descobrir se existe irregularidade no seu ciclo, procure a orientação de um médico.
  • Há risco de gravidez ao utilizar o coito interrompido? Sim. O coito interrompido consiste em ter relações sexuais sem preservativo e ejacular fora do canal vaginal. Porém, no próprio líquido lubrificante anterior à ejaculação, existe a presença de espermatozoides. Há casos em que o líquido seminal pode escorrer para a vagina, indo de encontro ao óvulo.
  • Fazer o teste do muco, ou billings, é um bom método para não engravidar? Não. O método do muco consiste em introduzir o dedo no canal vaginal e perceber o nível de umidade e viscosidade. Essa consistência pode indicar o dia fértil, mas depende e varia de acordo com alguns fatores: Excitação sexual, infecções e calcinhas apertadas. Esse método funciona melhor para quem deseja engravidar.